Tecnologia em sala de aula instiga a vontade de aprender

Em qualquer escola, um dos maiores desafios dos professores é conseguir despertar nos alunos o desejo de aprender. Isto é, fazer com que o estudante deixe de ver a sala de aula como obrigação e passe a encará-la como oportunidade.

Para atingir esse objetivo, o ideal é que o educador promova um ambiente acolhedor para suas turmas. Para tanto, recomenda-se manter abertos canais de comunicação com os alunos e priorizar os elogios em detrimento das críticas.

A importância do feedback positivo em sala de aula

Existem muitos estudos que mostram como os elogios ajudam a melhorar o desempenho dos alunos. Inclusive, um deles foi publicado no periódico americano Education Psychology após acompanhar 2.500 estudantes por três anos. Segundo os pesquisadores responsáveis pela pesquisa, as crianças se mantêm focadas por 30% mais tempo quando encorajadas pelo professor. Ou seja, um ganho bastante significativo.

Assim, praticamente não há mais dúvidas sobre a importância dos elogios em sala de aula. Porém, talvez alguns professores continuem com incertezas sobre como implementar essa cultura do reforço positivo no contexto atual. Pois é aí que a tecnologia educacional entra em ação para fazer a diferença.

Tecnologia em sala de aula facilita participação e feedback

Durante a pandemia, praticamente todas as escolas migraram para o ensino remoto, utilizando plataformas online como o Google for Education. Assim, descobriram novas formas de se relacionar com seus alunos através de apps como o Meet e o Google Sala de Aula. Aliás, esses dois aplicativos, por possuírem versões gratuitas e de fácil uso, foram essenciais para as instituições de ensino nesse período.

Porém, o uso dessas ferramentas digitais não fica, absolutamente, restrita à educação remota. Isso porque podem ser usadas para assegurar mais interatividade e promover a cultura do feedback também no ensino presencial.

Google Sala de Aula    

Principal app da plataforma educacional do Google, o Sala de Aula possui todos os recursos que o educador necessita. Assim, dentre inúmeras funcionalidades, permite que o professor dê feedback sobre os trabalhos dos alunos com rubricas em cada documento. Da mesma forma, pode inserir comentários mais aprofundados ou programar notificações automáticas. Aliás, tudo isso está disponível já na versão gratuita. Consequentemente, o professor pode dar feedback constante, em qualquer tarefa – não apenas em provas ou trabalhos maiores.

Google Meet

Focado em videochamadas, o Meet costuma ser mais usado nas aulas a distância do ensino híbrido ou remoto. Nesses casos, possui um recurso muito útil para incentivar a participação dos alunos: o botão “levantar a mão”. Ao acioná-lo, o estudante sinaliza que deseja falar, e o professor recebe uma notificação, facilitando a organização da conferência. Porém, mesmo as escolas que já retomaram os encontros em sala de aula podem usar o Meet. Afinal, trata-se de uma ótima opção para conduzir reuniões individuais de feedback com os alunos fora do horário de aula, por exemplo. Inclusive, professores e estudantes ganham mais privacidade e comodidade para realizar os encontros de avaliação e orientação educacional.

 

Quer saber como implementar o Meet, o Sala de Aula e toda a plataforma Google for Education em sua escola? Então entre em contato com a HT Solutions e fale com um de nossos especialistas!

 

Foto: iStock/boggy22

Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Tópicos relacionados

Sobre a HT Solutions

A HT Solutions é especialista em soluções de infraestrutura de TI que proporcionam agilidade, desempenho e melhores resultados para empresas na era da transformação digital.

Braço de tecnologia do Grupo Herval, grupo econômico com mais de 60 anos de atuação na indústria e varejo, a HT conta com as mais elevadas certificações da fabricantes como HPE, HP, Dell e Lenovo e é um parceiro confiável no fornecimento de tecnologia para o setor público e privado.

Receba nossos conteúdos exclusivos no seu e-mail.