Carros autônomos: eles já são realidade nas indústrias

Os carros autônomos são uma promessa para melhorar a mobilidade. Afinal, com sistemas inteligentes que dispensam a necessidade de motorista, esses veículos têm potencial para evitar acidentes e desafogar o trânsito em momentos de pico. Porém, ainda falta muito para que soluções de automação desse tipo se popularizem nas cidades. Embora o interesse dos jovens em tirar a carteira de habilitação venha caindo (o que  poderia despertar a busca por essa alternativa de locomoção), o mais provável é que tecnologias assim dominem áreas específicas, como a indústria e o comércio. Veja os detalhes a seguir.

Como funcionam os carros autônomos

Na verdade, a ideia de um automóvel sem motorista está cada vez mais longe de ser concretizada – pelo menos nos espaços urbanos. O que se fala, atualmente, é em “níveis” de automação para os veículos.

Por exemplo: no nível 1, o sistema fornece assistência à direção, com frenagem automática e controle de velocidade que se adapta às condições do ambiente. Essa escala vai até o nível 5, quando o carro pode ir do ponto A ao B sem interferência humana.

Para tanto, usa-se uma estrutura complexa de sensores, radares, câmeras e GPS de alta resolução. Inclusive, se recorre a Inteligência Artificial para reagir às situações adversas no trânsito. Aliás. esse é o ponto mais delicado até agora.

Para um mecanismo de Inteligência Artificial aprender, ele precisa passar pelas situações de risco. Além disso, as cidades apresentam inúmeras variáveis – do pedestre que atravessa fora da faixa de segurança às intempéries. Assim, sob neblina, por exemplo, o automóvel poderia ter dificuldade de identificar se o sinal está vermelho ou verde.

Por isso, a indústria automobilística tem investido em carros autônomos de nível 4. Esses podem rodar nas rodovias, durante longos períodos, em piloto automático. No entanto, ainda é preciso ter uma pessoa atrás do volante para os trechos urbanos.

Saiba mais: Como a Inteligência Artificial fará emergir novas profissões

Carros autônomos já funcionam na indústria

Além das questões técnicas, há o código de trânsito. Afinal, se um veículo se envolve num acidente, a responsabilidade é do condutor – pelo menos, segundo a legislação atual. Mas o que fazer quando todas as decisões são tomadas por uma máquina? A culpa continua sendo do motorista, ou passa a ser do fabricante do carro autônomo?

Diante desses impasses (e da carência de leis específicas), as montadoras têm priorizado a fabricação de frotas comerciais. Como elas podem operar em ambientes controlados, garantem mais eficiência à produção sem negligenciar a segurança.

Um exemplo disso são os caminhões com tecnologias autônomas para operação em lavouras. Para tanto, empresas como Mercedes-Benz e Volvo vendem opções com GPS integrado à direção. Aliás, em zonas de trabalho da mineradora Vale, caminhões já trafegam sem ninguém ao volante. Assim, o operador usa um controle remoto e assume a direção apenas se o sistema não souber como agir.

Fala-se, ainda, na automação de ônibus urbanos. Isso porque implementar essa solução seria teoricamente mais fácil, já que eles circulam boa parte do tempo numa faixa exclusiva. Consequentemente, as variáveis a se considerar diminuem significativamente. (Confira outros detalhes sobre carros autônomos nesta reportagem do UOL.)

Quer mais informações sobre tecnologia aplicada aos negócios? Então confira nosso artigo sobre como a Internet das Coisas transforma as empresas. E, precisando de ajuda, não hesite em contatar a HT Solutions. Afinal, nossos técnicos têm sempre as melhores soluções de TI para você!

 

Foto: iStock/Chesky_W

Compartilhe este artigo:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Tópicos relacionados

Sobre a HT Solutions

A HT Solutions é especialista em soluções de infraestrutura de TI que proporcionam agilidade, desempenho e melhores resultados para empresas na era da transformação digital.

Braço de tecnologia do Grupo Herval, grupo econômico com mais de 60 anos de atuação na indústria e varejo, a HT conta com as mais elevadas certificações da fabricantes como HPE, HP, Dell e Lenovo e é um parceiro confiável no fornecimento de tecnologia para o setor público e privado.

Receba nossos conteúdos exclusivos no seu e-mail.